Treinos aeróbicos: confira os melhores suplementos

Confira qual o melhor suplemento você poderá consumir de acordo com a forma que você treina.

Postado em 26/04/2018.

Os exercícios aeróbicos sempre servem como primeira alternativa para quem quiser entrar em forma e principalmente reduzir a gordura do corpo. Este treino além de possibilitar uma série de benefícios para a saúde, se sabe que este tipo de atividade tende a aumentar a expectativa de vida e principalmente melhorar a disposição.

Algo comum que ocorre é que as pessoas podem recorrer a suplementos par potencializar os exercícios. Tudo porque estes acabam auxiliando o organismo a estocar glicogênio, este que é um processo fundamental para ter um bom desempenho. É importante se fazer a suplementação de forma correta, conforme a modalidade que você praticar e a intensidade de duração do treino.

É fundamental que ocorra uma avaliação individual, bem como verificar o horário de prática das atividades físicas e refeições realizadas antes dela. No caso de frequentadores de academia, e praticantes de exercícios ao ar livre de até uma hora, não é preciso que ocorra uma suplementação tanto durante como após o treino. Em seguida, iremos falar mais sobre alguns dos suplementos mais utilizados.

Treinos aeróbicos: confira os melhores suplementos

A Maltodextrina

Este tipo de suplemento é recomendado para os treinos de maior duração do que 90 minutos, tudo porque se trata de uma substância considerada eficaz na manutenção de glicemia nos níveis adequados, o que deverá evitar a fadiga dos músculos. Este suplemento poderá ser substituído por maxy-waze e isomaltulose, estes que são carboidratos de baixo índice glicêmico, mas procure tomar cuidado, por terem uma absorção mais lenta, já que eles podem gerar desconforto gastrointestinal e prejudicar a performance do treinamento.

Os suplementos de Beta-alanina

Este é um aminoácido que melhora o desempenho de atletas de esportes de grande intensidade e que podem durar entre 1 a 5 minutos, como por exemplo corridas de 800 a 1500 metros, ou mesmo provas de natação realizadas entre 200 a 400 metros. Outra particularidade desta substância é que ela é interessante para a prática de esportes coletivos, onde os esforços de alta intensidade e de curta duração se repetem por muitas vezes.

É a situação de modalidades como futebol, rugby e lutas. Para ciclistas de estrada, que fazem sprints quando estão próximos ao final do treino, é possível aumentar a intensidade da pedalada, e a beta alanina está também associada a uma melhor performance.

A Cafeína

Esta é grande responsável por um aumento de frequência cardíaca e por criar um tipo de estado de alerta, contribuindo para um melhor desempenho. Os estudos mostram que a sua suplementação ocorre de forma mais eficaz em pessoas que não consomem a cafeína em forma de chá ou café diariamente.

Os géis de carboidratos

Saiba que é possível se ingerir este tipo de gel ou ainda fazer um bochecho com ele, principalmente se houver um desconforto gástrico durante o exercício. Esta é uma ótima alternativa para os treinamentos de duração inferior a uma hora, pois estimula regiões do cérebro que são associadas a uma motivação e recompensa, aumentando assim seus rendimentos.